81 quilos de produtos lácteos impróprios são apreendidos em Parintins

A carga vinha do município de Almerim (PA) com destino a Manaus

Divulgação/Adaf

Na última quarta-feira (25/11), uma equipe da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), que atuava na Barreira de Vigilância Agropecuária (BVA) do porto de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus), apreendeu 81 quilos de produtos lácteos impróprios para o consumo humano.

Estavam sendo transportados 66 quilos de queijo regional de manteiga e 15 quilos de queijo do tipo coalho. A carga vinha do município de Almerim (PA) com destino a Manaus e não estava certificada por nenhum tipo de Serviço de Inspeção, além de estar sem acondicionamento adequado, juntamente com agrotóxicos, sem condições de consumo.

Segundo a médica veterinária Cláudia Ramos, que atuou na ação juntamente com o técnico agropecuário Heitor Machado e a engenheira agrônoma Valéria Ferreira, foi realizada a orientação de educação sanitária no local.

“Reforçamos que é proibido o transporte de carga de produtos de origem animal sem procedência e nem registro, como também produtos de origem vegetal que não estão dentro das normativas, podendo causar riscos à saúde”.

Foram lavrados os termos de autuação da apreensão e destruição dos produtos, que seguiram para o aterro controlado de Parintins. A Adaf atua nas barreiras fixas e volantes para proibir o trânsito de produtos e subprodutos irregulares, no sentido de preservar e proteger o patrimônio agropecuário, meio ambiente, além da saúde pública.