Ponto facultativo altera funcionamento de órgãos, mas mantém serviços essenciais

Unidades policiais e de saúde de urgência e emergência, entre outros serviços, terão plantões até a segunda-feira (02/11), Dia de Finados

Divulgação/SES-AM

Com a transferência do ponto facultativo pelo Dia do Servidor Público, comemorado na quarta-feira (28/10), para a próxima sexta-feira (30/10), o funcionamento das repartições públicas, autarquias e fundações do Estado sofrerá alterações, mas os serviços essenciais serão mantidos. O decreto estabeleceu expediente normal na quarta-feira e manutenção de todos os procedimentos já agendados pelo Sistema Estadual de Saúde para a sexta-feira.

Durante o ponto facultativo da sexta-feira até a segunda-feira (02/11), Dia de Finados, o 1º, 6º, 14º e 19º Distritos Integrados de Polícia (DIPs) funcionarão em regime de plantão de 24 horas, além das delegacias especializadas em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD); Roubos e Furtos de Veículos (DERFV); Homicídios e Sequestros (DEHS); Crimes Contra a Mulher (DECCM); e de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Já a Polícia Militar manterá os serviços essenciais como atendimento de ocorrências, viaturas e operação, que funcionarão normalmente, sendo suspensos apenas os serviços administrativos da corporação.

O serviço essencial do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) também será mantido, mas a corporação terá as atividades administrativas suspensas durante a sexta-feira.

Por conta do remanejamento do ponto facultativo, o Detran orientou aos usuários com agendamento para a sexta-feira (30/10) que busquem atendimento na quarta-feira (28/10), no mesmo horário e local agendado.

Na sexta-feira, a Defesa Civil do Amazonas funcionará em sistema de escala da equipe de plantão do dia e estará apta a atender as ocorrências e oferecer o apoio necessário a qualquer evento extremo que porventura precise do apoio de seus servidores. O órgão manterá o monitoramento diário por parte Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa), que atua nas informações climatológicas nas cidades que compõem as nove calhas da região amazônica.

Saúde – De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), todas as unidades de urgência e emergência, tanto na capital quanto no interior do estado funcionarão normalmente. A rede estadual conta com 11 Serviços e Unidades de Pronto Atendimento (SPAs e UPAs) para atendimento médico de casos de urgência de baixa e média complexidades.

Para casos graves, os seis prontos-socorros, sendo três adultos e três infantis, estarão em funcionamento normal. O atendimento às grávidas também seguirá sem alterações nas sete maternidades do Estado.

As unidades que atendem com consulta agendada – Centros de Atenção à Melhor Idade (Caimis), Centros de Atenção Integral à Criança (Caics), Fundações de Saúde e policlínicas – retornam às atividades na terça-feira (03/11).