Adolescente mata amiga com tiro acidental na cabeça ao pegar arma do pai

O caso aconteceu em um condomínio de luxo de Cuiabá, capital do Mato Grosso

Reprodução: Catraca Livre

Uma adolescente de 14 anos foi morta na noite deste domingo, 12, após sua amiga dar um tiro acidental em sua casa após pegar a arma do pai para mostrá-la. O caso aconteceu em um condomínio de luxo de Cuiabá, capital do Mato Grosso. Segundo informações da Polícia Militar, a jovem que fez o disparo tem a mesma idade da amiga, e seu pai é atirador esportivo.

De acordo com o G1, a vítima, Isabele Guimarães Ramos, 14 anos, foi atingida por um tiro na cabeça. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local, mas ela já havia morrido. Ela foi encontrada no banheiro da residência. A tragédia aconteceu por volta de 22h30 no condomínio Alphaville 1, localizado no bairro Jardim Itália.

Segundo a PM, o acidente ocorreu na casa da adolescente que atirou com a arma. O local foi isolado e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), assim como perícia técnica, também foram chamados.

Na residência foram encontradas sete armas de fogo que pertencem ao pai da jovem que disparou. Ainda não há informações se havia outros adolescentes no local ou se algum adulto estava na casa.

Porte de armas

A tragédia fez ressurgir o debate sobre a porte de armas no Brasil. Como uma adolescente pode ter acesso tão fácil a uma arma, um objeto de alto nível de periculosidade?

A liberação do porte de armas, bandeira defendida por Jair Bolsonaro (sem partido) durante a campanha presidencial de 2018, foi bastante criticada nas redes sociais após a tragédia. Confira os protestos e as reações dos internautas: