Suspeito da morte de adolescente de 15 anos liga para mãe e afirma que vai se entregar

A adolescente foi morta com nove facadas no pescoço.

Foto: Divulgação

Carlos Alberto de Paula, de 36 anos, suspeito na morte da adolescente Jennifer Vitória Magno Soares, 15, que foi morta na tarde dessa segunda-feira (01), ligou para a mãe durante o velório da vítima e afirmou que vai se entregar a polícia.

Leia mais: Adolescente de 15 anos é morta a facadas pelo padrasto após crises de ciúmes

Segundo o homem, o crime foi cometido após ter descoberto que a mãe da jovem estava em um relacionamento com outra pessoa. Na ligação, Carlos questiona o motivo da traição e culpa a mãe pela morte da garota. O homem ainda pede para se encontrar com a mulher.

A adolescente foi morta com nove facadas no pescoço, na rua P, na comunidade Santa Inês, zona Leste de Manaus. O corpo da menina foi encontrado despido na sala da residência.

De acordo com informações dos policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), populares relataram que a adolescente foi vista chegando na casa com o ex-padrasto, e horas depois o homem teria saído da casa, e informou para um vizinho que teria cometido o crime.